Alfarroba – o chocolate saudável

A alfarroba, fruto da alfarrobeira de sabor muito característico, é nativa das regiões do mediterrâneo, sendo a sua localização extensível a diferentes regiões da América do sul, Norte de África e Ásia. Em Portugal, a sua produção é feita maioritariamente na região Algarvia sendo muita utilizada nos seus doces regionais.

É considerada a árvore “chocolate”, uma vez que esta possui um ligeiro sabor a chocolate. O seu fruto encontra-se dentro de uma vagem de cor castanha escura, muito semelhante à vagem da fava, que pode medir a té 30 cm de comprimento.

A alfarroba é muito utilizada na indústria alimentar, como substituto do chocolate e do açúcar, podendo ser utilizada sob a forma de farinha na confecção de pães, bolos, crepes, tortas, entre outros.

Os princípios activos da alfarroba são: os taninos, mucilagem e galactomananos.

Além disso, é uma excelente fonte de fibras solúveis e insolúveis (pectina e lignina). No entanto, poderia surgir uma questão bastante pertinente relativamente à absorção do cálcio, uma vez que, sendo a alfarroba um alimento rico em fibras, e sabendo que estas actuam como quelantes do cálcio, a sua absorção não ficaria comprometida?

A resposta é muito simples, não há comprometimento da absorção do cálcio. Isto porque, a alfarroba não contém na sua constituição o ácido oxálico, presente no chocolate e que normalmente tende a interferir na capacidade de assimilação do cálcio pelo organismo.

 

 

 

Além disso, contém fósforo, uma fonte abundante de potássio (800 mg/100g), e pequenas quantidades de sódio e ferro. É rica em vitamina A, vitaminas do complexo B e outros minerais.

 

 

 

 

 

Veja as principais propriedades medicinais deste magnífico alimento:

Post escrito  por:

Dra. Fabiana Esteves

Licenciada em Ciências de Nutrição

One thought on “Alfarroba – o chocolate saudável

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

insert emoticons