Queijo – O que sabemos sobre este alimento?

O queijo é um alimento extremamente usado na nossa alimentação com inúmeros benefícios e utilidade. Trata-se de um produto lácteo com sabores variados para todas as idades e culturas. É um alimento que pode ser incorporado em muitos pratos sendo também um produto de fácil transporte e conservação.

 

 

Apresenta elevado interesse nutricional uma vez que concentra selectivamente os nutrientes do leite. Dado a sua riqueza proteica e o seu alto teor de cálcio pode ajudar a equilibrar refeições simples e rápidas.

 

 

O cálcio presente nos queijos tem elevada biodisponibilidade, sendo bem absorvido pelo organismo humano. Uma dieta com alimentos ricos em cálcio permite a mineralização adequada dos ossos e dentes, actua na prevenção de osteoporose e participa na contracção muscular.

Sabemos também que quando não fornecemos doses adequadas de cálcio ao nosso organismo, a sua reposição será realizada através da mobilização do cálcio do nosso esqueleto, tornando a estrutura esquelética mais frágil e predisposta às fracturas.

 

 

Os queijos são também uma excelente fonte de proteínas de alto valor biológico e de fácil digestão. As proteínas são fundamentais durante as fases de crescimento e desenvolvimento, participam nos mecanismos de defesa, regulação e controlo enzimático.

 

 

Como vimos os queijos apresentam vários teores de gordura, sendo que a cremosidade dos mesmos é relacionada com a quantidade de gordura presente. As gorduras dos produtos lácteos são gorduras saturadas sendo por isso importante controlar a sua ingestão em casos de indivíduos que devem restringir o seu consumo. É importante referir também que o queijo apresenta a gordura emulsionada o que torna a sua digestão fácil e mais rápida.

 

 

Para os indivíduos que sofrem de intolerância à lactose: a introdução de queijo na sua dieta traz vantagens uma vez que a lactose encontra-se parcial ou totalmente hidrolisada sendo por isso possível o seu consumo sem que haja transtornos gastrointestinais. Exemplos de queijos isentos de lactose são os de pasta dura como é o caso do queijo flamengo.

 

 

É importante verificar o teor/percentagem de gordura (lípidos) apresentada. Opte sempre pelos queijos meio-gordos e magros, com uma percentagem de gordura inferior a 45% e lembre-se que a gordura apresentada é gordura saturada, sendo mais prejudicial para a saúde cardiovascular. Os queijos como o requeijão, o queijo fresco, o queijo quark, a mozarella ou a ricotta são opções com menos gordura e menos sal adicionado.

Bjs e até ao próximo post.

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

insert emoticons